Após nova reunião com sindicatos, GHC não avança nas negociações do Vale e do Banco de Horas

Comunicado Chama Nativa: piquete cancela baile, mas realizará atividades em setembro
21/06/2022
PEC 11/22 é aprovada na CCJ da Câmara
21/06/2022

Nesta segunda-feira (20), foi realizada nova reunião de negociação entre os sindicatos e o GHC, sobre o Acordo Coletivo de Trabalho referente ao Vale-alimentação e ao Banco de Horas. Mais uma vez, os representantes da gestão do GHC negaram a contraproposta enviada pelas entidades que representam os trabalhadores, sem apresentar qualquer avanço.

Na assembleia geral de 24 de maio, os trabalhadores decidiram, através de formulário virtual, pela reivindicação de recomposição do VA de acordo com a inflação do período (veja o ofício abaixo).

As entidades voltaram a frisar que a intenção do Governo Federal é dobrar o valor do Vale dos servidores federais e exigem tratamento isonômico, caso isso ocorra.

O ACT Banco de Horas e Vale-alimentação tiveram os prazos de validade prorrogados até 31/07/2022, de comum acordo, em mesa de negociação ocorrida nos meses anteriores.

Atos

Também nesta segunda, foi realizado novo ato de protesto em frente ao Hospital Conceição. A ASERGHC e o Sindisaúde-RS têm dialogado com a população e com os trabalhadores nos hospitais do Grupo, denunciando o enfraquecimento do SUS e a desvalorização dos profissionais, que estão há 5 anos sem reajuste no Vale-alimentação.

Ofício

gdpr-image
Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Guardamos estatísticas de visitas para melhorar sua experiência de navegação.