Mesa de negociação discute Banco de Horas e retomada do Remanejo para o noturno

Teste Legenda

 Na tarde de hoje (12) a ASERGHC, juntamente com os sindicatos da base do GHC e a comissão de mobilização dos trabalhadores, estiverem reunidos com os representantes da diretoria para discutir o Banco de Horas (B. H.). A reunião faz parte da Mesa de Negociação, que tem como uma das pautas a renovação do acordo, que está em vigência até o dia 30 de abril.

A ASERGHC e os sindicatos presentes (SindiSaúde, Sergs, Sinttargs, Sindifars, SindiTestRS, Sinurgs, Sasers e Sindars) propuseram a prorrogação do B.H  mediante o restabelecimento da abertura do Banco de Remanejo (B.R) para o turno, nas mesmas condições anteriores da reforma trabalhista. Segundo Arlindo Ritter, presidente da ASERGHC e do SindiSaúde, o B.R. é uma luta importante, que merece seriedade e cumprimento por parte da gestão.

Arlindo Ritter, presidente da ASERGHC e do SindiSaúde.

No entanto, a nova diretoria, que assumiu na última quinta-feira (4), não compareceu à reunião, sendo o debate conduzido pelos antigos assessores da Gestão. Para as entidades sindicais, é fundamental que os diretores participem da Mesa, pois é neste espaço que as reivindicações dos trabalhadores devem ser ouvidas.

 

Sendo assim, as entidades fizeram constar em ata a necessidade de uma nova reunião no dia 22 de abril, com a presença dos diretores, e retomada da discussão do B.H. e B.R. Lutaremos por melhores condições de trabalho. ASERGHC na luta!

Representantes da ASERGHC presentes na Mesa de Negociação.