GHC negligencia atendimento à sindicalista do grupo de risco; diretora foi diagnosticada com COVID19 horas depois

A ASERGHC e o Sindisaúde-RS denunciaram na edição do jornal Correio do Povo de ontem o descaso do atendimento prestado pelo Grupo Hospitalar Conceição à Lúcia Schaffer, diretora do Sindisaúde-RS. Lúcia tem 74 anos, mora próximo ao Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC) e é usuária do SUS, pois não possui plano de saúde privado.

Lúcia procurou acolhimento na UPA e no HNSC no dia 2 de abril. No entanto, foi dispensada para casa, sem realizar o teste para saber se estava infectada pelo novo coronavírus. Na noite do dia 2, foi positivada para a COVID 19 pelo atendimento do Hospital de Clínicas de Porto Alegre.

Lúcia Schaffer sempre defendeu incansavelmente o Sistema Único de Saúde universal, público e gratuito, e frequentemente utiliza o serviço de saúde do GHC. A associação e o sindicato repudiam esse procedimento do Grupo, inaceitável com qualquer idoso ou pessoas que fazem parte do grupo de risco da doença. Seguimos pressionando, agora também judicialmente, para que o GHC atenda as reivindicações de proteção aos trabalhadores apresentadas ainda em março, assim como obedeça as orientações do Ministério da Saúde.

Confira a denúncia da ASERGHC e do Sindisaúde-RS na edição impressa do Correio do Povo de ontem, 6 de abril:

porno izle porno izle sikiş izle sex izle rus pornosu porno filimi Porno hikayeleri ücretsiz oyun hesapları 2021 oyun hileleri bedeva oyun hesapları bedava bilgi diyarbakır reklam diyarbakır matbaa